O que é rinite?

O termo “rinite” refere-se a qualquer processo inflamatório que ocorre na cavidade nasal. Existem vários tipos de rinites (alérgica, vasomotora, infecciosa, gestacional, etc) e que devem ser identificados, pois o tratamento pode variar conforme o tipo.

O que é rinite alérgica?

A rinite alérgica é uma das formas mais comuns de rinite. Nos Estados Unidos, afeta cerca de 10% da população geral e mais de 15% das crianças e adolescentes. A principal característica da rinite alérgica é a liberação de uma substância chamada histamina, que temos dentro do organismo. Esta substância é liberada quando a mucosa nasal entra em contato com agentes que chamamos de alérgenos (pó doméstico, pólen, pêlos de animais, fungos, cosméticos, fumaça de cigarros). É esta substância que é responsável por muitos dos sintomas da rinite, principalmente a coriza e a coceira no nariz. O impacto da rinite alérgica é tão importante que se estima um gasto anual de mais de 2 bilhões de dólares entre faltas ao trabalho e gastos com medicação nos Estados Unidos.

Quais são os sintomas da rinite alérgica?

Os principais sintomas são:

* Espirros (em salva);

* Prurido nasal;

* Coriza clara;

* Obstrução nasal;

* Prurido nos olhos, garganta e ouvidos;

* Irritabilidade;

* Fadiga.

O meu filho pode ter rinite alergia?

Estima-se que a chance de um casal sem história de alergia ter um filho alérgico seja de 15%. Caso um deles tenha alergia, o percentual passa para 30 a 35% e caso ambos sejam alérgicos, as chances são de 50 a 70%.

O que é sinusite?

O termo “sinusite” designa todo processo inflamatório que acomete os espaços aéreos que possuímos dentro dos ossos na região anterior do crânio (seios paranasais). Atualmente prefere-se o termo “rinossinusite”, pois este processo geralmente envolve também a cavidade nasal. A rinossinusite pode ser aguda (que é a forma mais comum) ou crônica, dependendo do tempo de evolução da doença.

Como ocorre a sinusite?

Vários são os fatores que podem predispor uma pessoa a ter rinossinusites. Um fator que parece ser comum a todos os casos é o bloqueio de uma região dentro do nariz que é conhecida como “complexo ostio-meatal”. É um ponto de drenagem de secreções comum a vários seios paranasais. Havendo um bloqueio desta região, a secreção tem dificuldades de escoar para o nariz, acumulando-se dentro desses espaços aéreos dentro dos ossos. A secreção torna-se então purulenta e começa a produzir os sintomas da sinusite.

Quais são os sintomas da sinusite?

Os principais sintomas são:

* Secreção purulenta pelo nariz;

* Obstrução nasal;

* Dor de cabeça (sensação de pressão);

* Febre;

* Tosse irritativa;

* Pigarro;

* Mau cheiro no nariz e/ou na garganta.

Como se faz o diagnóstico de sinusite?

O diagnóstico, após a história clínica sugestiva, faz-se através do exame endoscópico nasal e/ou radiológico.

A endoscopia nasal é um procedimento realizado com medicação tópica no nariz, introduzindo uma micro câmera no nariz e investigando-se a anatomia da cavidade nasal, com atenção especial para a região do complexo ostio-meatal.

Os exames radiológicos dos seios paranasais podem ser tanto o Raio X simples (que está em desuso) como a tomografia computadorizada.

Atenção: Todas as informações contidas neste site possuem caráter informativo, não substituindo, em hipótese alguma, as orientações de seu médico.

Copyright © 2015 :: Lavinsky Otorrino - Design By Quanta PPG